segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Um beijo...

Um beijo pálido e sem graça para você que vive agindo pelas minhas costas. Um beijo para você que sorri, me abraça e por trás é só mentiras e decepções. Um beijo para você que compactua com mentiras e me engana de gaiato(a). Um beijo para você que se despe de si mesmo e coloca essa máscara descaradamente para ter comigo. Hoje, você pode me beijar a face, abraçar, conversar comigo, se fazer de amigo, amiga. Bancar o que se preocupa, me encher de conselhos, dizendo que devo ou não fazer. E muita das vezes dizer que aqueles que estão ao meu lado é que são traidores, mentirosos, raças de víboras. Mas te digo uma coisa, Jesus foi traído com um beijo. E nem por isso revidou, Ele foi amor, compaixão, humildade, Justiça e Cura para humanidade. Judas se enforcou na própria corda. Sabe por que, sabemos quando pisamos na bola com alguém que não merece. A culpa vem... uma hora ela vem. Junto com a culpa, o arrependimento. Talvez você não se enforque na própria corda, nem desejo isso. Mas Deus sabe bem o que faz, Ele sabe apertar e nos dar provações quando precisamos moldar nosso caráter. Seja você quem for, Cristão, Umbandista, Ateu, Católico etc. Da minha família ou não. A mão de Deus alcança qualquer um. E uma hora, ela vai te alcançar. Isso não é praga, é uma realidade, aconteceu comigo e não será diferente com você ou qualquer outro ser-humano. Eu espero de coração, que seja para crescimento e evolução. Aprendizado. E que em suas próximas empreitadas familiares, afetivas, profissionais você vá bem e saiba agir como uma pessoa de caráter. Ai vem aquele velho ditado: fruta podre cai sozinha. As máscaras um dia caem. E Deus. Bom, Deus... Ele faz Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário