segunda-feira, 6 de junho de 2016

Aprenda...

O amor próprio não mora em quem amamos. O amor próprio não mora em possíveis elogios. O amor próprio não mora na necessidade e no esforço de ser o que não somos, na tentativa frustrada de agradar quem supostamente nos ama. Até porque, quem nos ama, nos aceita como somos. O amor próprio mora bem pertinho. Experimente entrar no banheiro e olhar no espelho... Ali está! O amor próprio mora no reflexo que vê. Bem ali, perfeitinho como Deus fez. No sorriso perfeito ou talvez metálico, quem sabe, talvez, com alguns em falta... Ele mora nos olhos, sejam eles verdes, azuis, castanhos, pretos. Na pele, negra, morena, branca, amarela... O amor próprio mora nesse corpo que Deus te deu, seja ele, esculpido pela academia, rechonchudo de gulodices (como o meu), magro ou meio termo. Vamos nos amar em primeiro lugar. A bíblia diz que nosso corpo é templo do Espírito Santo, ele é templo. Façamos do nosso corpo templo não só do Espírito Santo de Deus, mas de pensamentos bons. Você é linda, você é lindo, somos lindos aos olhos de Deus. Desejo que na próxima vez que se olhar no espelho não se veja com seus olhos, mas com os olhos daquele que te amou primeiro: Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário