quinta-feira, 30 de junho de 2016

BOA NOITE...

Um olho aberto, outro fechado. E vice-versa... sempre! xD

terça-feira, 28 de junho de 2016

Palavrantiga - Vem Me Socorrer (Acústico)

Eu olhei a tristeza nos olhos e ... sorri.

Existem pessoas que abraçam nosso coração... nossa Alma!

Promessas não são perecíveis!!! Será mesmo???

Promessas não são perecíveis, quando somos merecedores delas. Não adianta somente, esperar as promessas, é necessário fazer por onde obtê-las. Seguir rumo ao alvo! Deixar de lado o fingimento, a falsidade , essa hipocrisia gospel e procurar ser santo, praticar o que prega. Não adianta se fazer de santo(a) aos irmãos que conhece, se continua na imundície do pecado. Busque a Deus em Espírito e verdade, pelo que Ele é, e não pelo que Ele pode dar. ‪#‎chgadehipocrisiagospel‬

sábado, 25 de junho de 2016

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32

Não se engane. Só existe uma coisa que te libertará completamente: A verdade! A verdade liberta. A verdade transforma. A verdade nos alegra. A verdade une. A verdade trás perdão, paz e amor. Escolha sempre a verdade.

Amor da Tia...

sábado, 18 de junho de 2016

Only Hope - Mandy Moore Legendado BR

Oh, Pretty Woman - Roy Orbison

Curioso, não!?

O Corpo da Mulher
Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção. Não temos a menor idéia de qual seja seu manequim. Não nos importa quanto medem em centímetros – é uma questão de proporções, não de medidas. As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas, femininas… . Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fração de segundo. Não há beleza mais irresistível na mulher do que a feminilidade e a doçura. A elegância e o bom trato. A maquiagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de cara lavada, basta a nossa. Os cabelos, quanto mais tratados, melhor. As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas… Porque razão as cobrem com calças longas? Para que as confundam conosco? Uma onda é uma onda, as cadeiras são cadeiras e pronto. Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: ocultar essas formas, é como ter o melhor sofá embalado no sótão. É essa a lei da natureza… que todo aquele que se casa com uma modelo magra, anoréxica, bulêmica e nervosa logo procura uma amante cheinha, simpática, tranqüila e cheia de saúde. Voces unca terão uma referência objetiva, do quanto são lindas, dita por uma mulher. Nenhuma mulher vai reconhecer jamais, diante de um homem, com sinceridade, que outra mulher é linda. Não podem pensar, sem ficarem psicóticas que podem entrar no mesmo vestido que usavam aos 18. Entretanto uma mulher de 45, na qual entre na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se auto-destruindo. Viva as mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua natural tendência a culpas. Ou seja, aquela que quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em setembro, não antes); quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (sem sabotagem e sem sofrer); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que goste, compra; quando tem que economizar, economiza. Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza. São testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos ‘em formol’ nem em spa… viveram! O corpo da mulher é a prova de que Deus existe. É o sagrado recinto da gestação de todos os homens, onde foram alimentados, ninados e nós, sem querer, as enchemos de estrias, de cesárias e demais coisas que tiveram que acontecer para estarmos vivos. A beleza é tudo isto. Paulo Coelho

sábado, 11 de junho de 2016

Um brinde a FELICIDADE

Os Sentimentos ruins só vão embora, quando deixamos de alimentá-los. Quando resolvemos dar lugar a pensamentos positivos e deixamos de lado tudo aquilo que nos fere a alma. Desejo que a felicidade te pegue de jeito hoje e sempre...

quarta-feira, 8 de junho de 2016

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Aprenda...

O amor próprio não mora em quem amamos. O amor próprio não mora em possíveis elogios. O amor próprio não mora na necessidade e no esforço de ser o que não somos, na tentativa frustrada de agradar quem supostamente nos ama. Até porque, quem nos ama, nos aceita como somos. O amor próprio mora bem pertinho. Experimente entrar no banheiro e olhar no espelho... Ali está! O amor próprio mora no reflexo que vê. Bem ali, perfeitinho como Deus fez. No sorriso perfeito ou talvez metálico, quem sabe, talvez, com alguns em falta... Ele mora nos olhos, sejam eles verdes, azuis, castanhos, pretos. Na pele, negra, morena, branca, amarela... O amor próprio mora nesse corpo que Deus te deu, seja ele, esculpido pela academia, rechonchudo de gulodices (como o meu), magro ou meio termo. Vamos nos amar em primeiro lugar. A bíblia diz que nosso corpo é templo do Espírito Santo, ele é templo. Façamos do nosso corpo templo não só do Espírito Santo de Deus, mas de pensamentos bons. Você é linda, você é lindo, somos lindos aos olhos de Deus. Desejo que na próxima vez que se olhar no espelho não se veja com seus olhos, mas com os olhos daquele que te amou primeiro: Deus.

Ele é a RAZÃO...

"Você é quem é por uma razão. Você faz parte de um plano complexo. Você é uma criação original, preciosa e perfeita, denominada como notável homem ou mulher de Deus Você tem essa aparência por uma razão. Nosso Deus não cometeu nenhum erro. Ele o teceu no útero. Você é exatamente o que Ele quis fazer, Os pais que você teve foram escolhidos por Ele, e a respeito dos seus sentimentos, eles foram feitos sob medida para os planos que Deus tem em mente e estão aprovados pelo Senhor. Não, aquele trauma que você enfrentou não foi fácil. E Deus chorou por aquilo o ter machucado tanto; mas foi permitido para moldar o seu coração para que você crescesse à sua imagem. Você é quem é por uma razão. Você vem sendo moldado pela vara do Senhor. Você é quem é, amado, porque há um Deus." Russell Kelfer