quarta-feira, 17 de setembro de 2014


Se pudesse reescrever meu passado tenho certeza que não cometeria os mesmos erros. 
Tenho marcas, cicatrizes que jamais serão curadas. Elas nunca sumirão. 
Ainda me sinto presa há alguns sentimentos, claro que muitas coisas se passaram, porém de vez quando, como hoje... me pego pensando em tudo aquilo... e no quanto eu fui burra!
Mas hoje vejo que antes eu só conhecia a Deus, "de ouvir falar".
Quando comecei a lutar contra tudo que sofri no passado, eu senti a Sua mão me confortando, me libertando e me dando forças.
E quando precisei de uma palavra amiga, de alguém que me desse um abraço e dissesse que sou especial, Ele mandou pessoas. Quando estava a ponto de acabar com tudo Ele apareceu. Ele me deu outra chance, e outra e outra.
Como escrevi no início, jamais vou poder apagar essas cicatrizes. Mas hoje olhando pra elas, vejo o quanto sou abençoada.
Sou grata por cada marca, pelas minhas escolhas, pelas ruins e boas escolhas.
As direcionadas por Deus e as que tomei baseada nas próprias concupiscências de minha carne podre e suja. Ele tirou meu fardo, sarou minha ferida interior, na verdade, Ele tem sarado a cada dia, eu me surpreendo com os avanços que tenho tido.
Que aos olhos de muitos, podem ser poucos, mas que para mim, são mais do que uma vitória.
Deus, obrigado por ser meu Porto Seguro.
Pela nova vida que tem me proporcionado.
Por ter me salvado de um lamaçal de pecado, tristeza, dores e mágoas.
Sei que grandes coisas estão por vir.
Confio em Ti.
Tenho vivido um dia após o outro. E mesmo em meio as tribulações vejo a Tua mão. 
Agindo sobre a minha vida e daqueles que tanto amo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário