quarta-feira, 3 de julho de 2013

Never Again







Espero que o anel que você deu a ela deixe seu dedo verde
Eu jamais desejaria coisas ruins, mas não te desejo o bem
Você percebeu pelas chamas que queimaram suas palavras

Eu nunca li sua carta
Porque eu sabia o que você diria
Tentando me dar aquela resposta de escola dominical
Tentando fazer parecer tudo bem

Dói
Saber que eu nunca estarei lá?
Aposto que é uma droga
Ver meu rosto em todo lugar
Foi você
Que escolheu terminar do jeito que fez
eu fui a última a saber
Você sabia
Exatamente o que fazer
E não diga
Que você simplesmente perdeu o rumo
Ela pode acreditar em você mas eu nunca acreditarei
Nunca mais

Se ela realmente sabe a verdade, ela te merece
Uma esposa pra ser exibida que nem troféu, oh que fofo!
A ignorância é uma alegria
Mas quando seu dia chegar e ele terminar com você
E ele vai terminar com você
Vocês morrerão juntos, mas sozinhos

Você me escreveu em uma carta
O que não teve coragem de dizer na minha cara
Com aquela resposta de escola dominical

Nunca mais vou te ouvir
Nunca mais vou sentir sua falta
Nunca mais vou me apaixonar por você
Nunca
Nunca mais vou te beijar
Nunca mais vou te querer
Nunca mais vou te amar
Nunca


Nenhum comentário:

Postar um comentário