quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Quando Li... me identifiquei.








Todas as grandes esperanças são seguidas de tristeza. .


Hoje não acordei muito bem . Uma sensação de angustia me invade a alma ...
É uma mistura de decepções...magoa...falta de coragem e medo ...
É um turbilhão de sentimentos invadindo meu corpo e minha alma , me fazendo se recolher ao aconchego da minha cama ...Não me sinto bem...Fui traído pelo minha felicidade de dias atras...Algo me diz que me tornei um covarde, com medo de enfrentar meu sofrimento. Más se isso for verdade o que eu poderei mudar?
As forças que eu tenho para combater essa angustia só me leva mais e mais fundo neste poço interminável...Sinto com se alguma coisa me sufocasse...Estou ficando sem ar...sem respirar... O que muito me angústia viver, é desperdiçar existência...Sei que o que sinto é Tristeza...
Tristeza,
é algo que nos trás sofrimento angústia, insegurança.
Algo que nos faz sofrer e fere o nosso coração por uma atitude própria, de alguém ou uma falta de atitude.
Um sentimento amargo que faz parte da vida.
A tristeza pode existir de duas formas, a primeira é provoca-la, e a segunda é agir naturalmente que mesmo assim tem dias que ela te persegue.
A tristeza de quando alguém nos fere, sem fazer-mos absolutamente nada, é algo que nos machuca, são coisas que nos deixam marcas, mesmo que perdoamos a tal pessoa.
A tristeza "natural" é aquela que acontece com o acúmulo de coisas no decorrer do dia, da semana, até um determinado momento você guarda, e quando vê que não há possibilidades de levar isso pra sempre, procura alguém pra desabafar.
Tristeza, é algo complicado de ser explicar,
um sentimento que te "mata" por dentro,
São coisas que eu não entendo.

Não dessa tristeza ignominiosa dos que, em vez de se matarem, fazem poemas:
Estou triste por que vocês são burros e feios
E não morrem nunca... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário