sábado, 28 de abril de 2012

 

Misturei com a promessa que nós dois nunca fizemos de um dia sermos três.

Era sempre não foi por mal, eu juro que nunca quis deixar vc tão triste.

Sempre as mesmas desculpas e desculpas nem sempre são sinceras, quase nunca são.

E era sempre, não foi por mal, eu juro que não foi por mal, eu não queria machucar vc, prometo que isso nunca vai acontecer... mas uma vez... era sempre o mesmo novamente... a mesma traição...

As vezes é dificil esquecer...

É só você que provoca essa saudade vazia tentando pintar essas cores com o nome de amor perfeito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário