sábado, 21 de janeiro de 2012


Eles não são o tipo de casal que você olha e diz “awn, que fofinhos”. 
Essa coisa de “opostos se atraem” não funcionou com eles. 
Os dois são igualmente orgulhosos, teimosos, provocativos, irritantes e briguentos. 
Ele é tipo um vulcão e ela é tipo um tsunami, provocam destruição por onde passam. 
Agora imagine os dois juntos. 
As amigas dela não gostam dele, e acham que “inadequado” é quase um elogio pra ele. 
Os amigos dele nada dizem, mas sempre deixaram claro que o preferiam solteiro. 
Ela briga com as amigas e diz que nunca esteve tão apaixonada... 
ele briga com os amigos e diz que eles não entendem. 
E, bom, ninguém realmente entende os dois. Ele pode até ser um bobo , mas é só dela. 
Ela é uma tonta ciumenta, mas é só dele. 
Quando ele diz “eu te amo”, ela responde “eu também te amo”. Quando ela diz “eu te amo”, ele rebate com um “eu tb te amo muito”. 
Mas, no fim, ninguém precisa de palavras pra saber do amor que existe entre os dois. 
E eles tem a forma mais louca e sincera de demonstrar esse amor
Tawane Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário