quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Procures me amar quando menos mereço, pois é quando mais preciso
Mario Quintana

Nenhum comentário:

Postar um comentário