sábado, 4 de dezembro de 2010

...

Um grande amor, não é aquele que faz o seu coração parar com o primeiro olhar apenas é aquele que te faz sonhar, ao acordar! Sente angústia ao ver partir, fugir... Faz-te sentir especial, mas não a ponto de suprir. Teme perder e sofrer, e sempre seduzindo faz crescer. Amor chega a matar. Às vezes apenas com um olhar. Faz-me sonhar, não acordar e me realizar...Um grande amor sente saudades... Um grande amor teme a distância. Bobinho! Mas o que seria a distância senão dois pontos entre a gente? Dois pontos... Sinal de pontuação que indica um prenúncio... Comunica que se aproxima um enunciado: A paixão. Que agora é o AMOR da gente.


Um grande amor torna algo simples em tempestuoso... Longo inverno! Sente raiva no momento da briga. Um inferno! Mas basta lembrar o sorriso da pessoa amada, que o tempo faz o resto... Faz nossos olhos se encherem d’água só de cogitar um adeus. Esse amor sequestra pensamentos... Não só os seus!

Um grande amor pode não ser perfeito, mas aos nossos olhos ele não apresenta nenhum defeito. Faz ir contra família... Amigos... Colegas... Você enfrenta o céu e a terra por ele, mas essa é a força dele! É uma coisa única que se sente no coração. Uma mistura de aperto, apego, zelo e forte desejo.

Não sei quantos grandes amores podemos ter... Quantos podem ser substituídos. Não sei se grandes amores são eternos somente enquanto duram. Mas, amar você me cura de uma loucura qualquer.

Parece que sua voz está gravada em meu ouvido, meu corpo, seu sorriso, seu jeito, sinceridade, senso de humor...e por mais louco que seja, mesmo que não te escute, que não fale comigo, consigo sentir você me observando, sentir teu desejo, teu carinho e teu zelo. Isso me causa sensações tão boas. E mesmo que tudo diga o quanto é arriscado, eu me sinto tão livre e tão feliz por estar apaixonada... ENFIM...

Meu coração está aberto, livre, cheio de vida e sonhos ... Estou preparada pra ser somente sua.

E você está preparado pra ser somente meu?

Bom precisava deixar isso marcado aqui hoje. É isso.




Nenhum comentário:

Postar um comentário