sábado, 5 de junho de 2010

Se eu te amo...


Se eu amo você,
Porque não sei viver com você?
Se eu gosto de te ver,
Porque não quero ficar com você?
E porque eu não vou embora?
Eu sei que amo você,
Mas que jeito estranho esse de amar;
Te quero, não querendo...
Te desejo, desejando não te desejar!
Aquela calmaria, virou tormenta.
E pelo menos pelos próximos minutos
Não quero deitar ao teu lado,
Mas preciso saber que está por perto.
Não posso te perder de vista,
Foi difícil te encontrar.


Autor: Chalil Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário