segunda-feira, 21 de junho de 2010

...



Ele é sensato e tão incrível
Ele diz tudo que eu preciso ouvir
Ele respeita meu espaço
E nunca me faz esperar
Ele me liga exatamente na hora certa
Ele é próximo da minha fámilia
Ele é charmoso e encantador
Ele abre a porta e eu entro em seu carro
E ele diz: "você está linda essa noite"
E me sinto perfeitamente bem
E eu estou confortável

Mas eu sinto falta de gritar e brigar...
E dos beijos na chuva
E as duas da manhã eu xingando seu nome
De nossas brigas e depois as reconciliações regadas de amor...
Nosso abraço era tão real
Você estava tão apaixonado que agia insanamente
Seu sorriso e suas palavras que penetravam com tanta facilidade por todo meu corpo
As frases de amor que sempre soavam com tanta verdade
Meu coração sempre a mil por hora
O friozinho na barriga como o de uma montanha russa
A ansiedade e vontade de estar "perto" de você
Eu nunca pensei que pudesse sentir isso tudo
Enfim...
Foi assim que aprendi a amar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário